• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 10 de jan de 2013

    #8 As classes de pessoas que não entrarão no céu [ATUALIZADO]

    OBSERVAÇÃO: O intuito deste texto não é "condenar" quem pratica alguma das ações mencionadas no decorrer das linhas (até porque todos nós já fizemos, no mínimo, uma delas). Entenda: precisamos de um Salvador. Nossos próprios méritos são um nada diante da graça do Deus de soberania inquestionável.

    Este é o texto mais lido aqui do blog. Quase que diariamente analiso as estatísticas e origens de tráfego (para tentar entender como os leitores chegam ao Eterno Inconformado) e sempre fico surpreso quando percebo o monte de pessoas que pesquisam quais são as classes de pessoas que não entrarão no céu ou perguntas similares (como quem são os cães que não entrarão no céu, ou se barbudos podem ou não [acho irado barba, véi!! hahaha]). Antes de digo algo: nossos padrões de comportamento estão muito aquém dos padrões de Deus. Ninguém é salvo por méritos próprios, mas apenas pela graça do Senhor Jesus (conforme Efésios 2:8-9). Quando Ele nos encontra com Seu amor irrefreável, nascemos de novo e começa uma guerra entre a carne e o Espírito. Arrependa-se! Há esperança e salvação no sangue de Jesus. E, se possível, te sugiro que leia este outro texto aqui do EI que, certamente, será um instrumento do Senhor para falar ao teu coração sobre Seu amor e graça. Por aqui com a ajuda do Espírito Santo que nos concede sabedoria e discernimento, e com base em quatro passagens bíblicas vamos entender quem são os mencionados das classes de pessoas que não entrarão no céu. Aos versos (os números entre parênteses servem para facilitar a organização e a busca por algum deles especificamente):

    “Ficarão de fora os cães (1) e os feiticeiros (2), e os que se prostituem, e os homicidas (3), e os idólatras (4), e qualquer que ama e comete a mentira (5).” (Apocalipse 22:15)

    “Mas, quanto aos tímidos (6), e aos incrédulos (7), e aos abomináveis (8), e aos homicidas, e aos fornicadores (9), e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.” (Apocalipse 21:8)

    “Não sabeis que os injustos (10) não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos (11), nem os idólatras, nem os adúlteros (12), nem os efeminados, nem os sodomitas (13), nem os ladrões (14), nem os avarentos (15), nem os bêbados (16), nem os maldizentes (17), nem os roubadores (14) herdarão o reino de Deus.” (1 Coríntios 6:9-10)

    Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza (18), lascívia (19), idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões (20), heresias (21), invejas (22), homicídios, bebedices, glutonarias (23), e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. (Gálatas 5:19-21)

    fotos criativas de evangelismo arrependimento creia no evangelho e serás salvo após a morte segue o juízo não entrarão no reino do céu
    01. Os cães:
    Por muito tempo acreditei que os cães mencionados nesse verso estavam a referir-se aos afastados da igreja (comumente rotulados como desviados, contudo analisando o contexto de 2 Pedro 2:20-2, Provérbios 26:11, Filipenses 3:2 e Isaías 56:10-11 você percebe que esses cães são uma metáfora para fazer menção aos falsos mestres que proclamam um evangelho falso ou ainda pessoas que sabem que determinadas coisas são erradas, mas ainda assim insistem em fazê-las (o que também não soa repetitivo).

    02. Os feiticeiros:
    Não são somente aqueles que se envolvem com ocultismo, artes mágicas ou feitiços propriamente ditos. Aqui feitiçaria é sinônimo de rebeldia, que não aceita ordem de autoridades hierárquicas devidamente constituídas (como pais, líderes e o próprio Deus (o Grande Soberano!). Você pode ler este texto para mais.

    “Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.”
    (1 Samuel 15:23)

    03. Os homicidas:
    Cometer homicídio não é apenas matar uma pessoa fisicamente. Ferir alguém com palavras também é homicídio. Leia Provérbios 12:18 e Mateus 5:22.

    “Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele.”
    (1 João 3:15)

    04. Os idólatras:
    Idolatrar algo ou alguém é querer colocar este algo ou alguém acima de Deus. É ter ídolos; seja lá um parente, um amigo, um artista, um objeto, um carro, uma casa ou qualquer outra coisa; é bíblico: ninguém pode servir a dois senhores, porque vai amar a um e odiar a outro. Que Deus seja sempre teu tudo. Leia Marcos 12:29-30.

    05. Qualquer que ama e comete a mentira:
    A mentira, obviamente, é o inverso da verdade. O Diabo é o pai da mentira (Conforme João 8:44). E mais: mentir “por brincadeira” é mentir da mesma forma.

    “Como o louco que solta faíscas, flechas, e mortandades, assim é o homem que engana o seu próximo, e diz: Fiz isso por brincadeira.”
    (Provérbios 26:18-19)

    06. Os tímidos:
    Os tímidos que não entrarão não são as pessoas que tem vergonha de falar em público ou algo parecido, mas sim aqueles que tem vergonha de serem chamados “crentes” ou que se envergonham de Cristo, Sua Palavra e Seu Evangelho. Para mais leia este outro texto.

    “Porque, qualquer que de mim e das minhas palavras se envergonhar, dele se envergonhará o Filho do homem, quando vier na sua glória, e na do Pai e dos santos anjos.”
    (Lucas 9:26)

    07. Os incrédulos:
    Incredulidade é não crer que Jesus é o filho de Deus, é não ter fé e sem tê-la é impossível agradar a Deus. Leia Hebreus 11:6 e Marcos 16:16. Alguns israelitas não entraram em Canaã por causa da sua incredulidade:

    “E a quem jurou que não entrariam no seu repouso, senão aos que foram desobedientes? E vemos que não puderam entrar por causa da sua incredulidade.”
    (Hebreus 3:18-19)

    08. Os abomináveis:
    Os abomináveis a Deus são soberbos, injustos, desonestos, orgulhosos, cheios de si, desejosos de serem mais que os outros, inclusive passando por cima de seu próximo para conseguir o que querem.

    “Abominação ao SENHOR são os perversos de coração, mas os de caminho sincero são o seu deleite.”
    (Provérbios 11:20)

    “Abominação é ao SENHOR todo o altivo de coração; não ficará impune mesmo de mãos postas.”
    (Provérbios 16:5)

    Ainda em Provérbios 6:16-19, no trecho sobre as coisas que Deus detesta (clique e leia o texto exclusivo que fala sobre essa passagem), a sétima coisa - que é a que Deus abomina - é justamente o fato de criar contendas e divisões. Leia ainda Deuteronômio 25:13-16 e Lucas 16:15,

    09. Os fornicadores:
    Fornicação é relação sexual fora do casamento. Pode referir-se a “casais” não-casados que mantem tais relações ou ao sexo dentro do namoro ou noivado (até porque o casamento ainda não aconteceu).

    “Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.”
    (1 Coríntios 7:9)

    10. Os injustos:
    Quem comete injustiça ou não age corretamente diante de situações com imparcialidade dando benefícios indevidos ou castigos desnecessários; tudo aquilo que foge do padrão de justiça e equidade.

    “Porque abominação é ao SENHOR teu Deus todo aquele que faz isto, todo aquele que fizer injustiça.”
    (Deuteronômio 25:16)

    11. Os devassos:
    Devassidão é sinônimo de perversão. Corromper a vida com coisas imorais, palavras de baixo nível, ações vergonhosas ou ainda trocar coisas valiosas por outras de pouco valor, como foi o caso de Esaú:

    “E ninguém seja devasso, ou profano, como Esaú, que por uma refeição vendeu o seu direito de primogenitura.”
    (Hebreus 12:16)

    12. Os adúlteros:
    Adultério é falsificação, infidelidade, traição! Olhar para uma mulher que não é sua e cobiça-la sexualmente também é adultério.

    “Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.”
    (Mateus 5:28)

    13. Os efeminados e os sodomitas:
    Homem que se comportam como mulheres, travesti, homossexualismo e práticas sexuais fora do padrão criado por Deus para ser desfrutado dentro do casamento entre um homem e uma mulher. A sodomia refere-se aos hábitos de Sodoma (cidade do Antigo Testamento que Deus destruiu com grande ira). Leia Romanos 1:26-28 e Levítico 20:11-21.

    14. Os ladrões e os roubadores:
    Há significado distinto entre eles. A explicação a seguir, foi extraída do blog Pergaminhos Eventuais. Em síntese, ladrões pegam algo que não é seu e roubadores retém ou desviam algo indevidamente.

    “Ladrões são aqueles que se utilizam da violência para subtrair coisas alheias, mas são também aqueles que furtam, ou seja, aqueles que subtraem coisas alheias sem o uso da violência. A Bíblia diz em João 12.6 que Judas Iscariotes era ladrão, porque a bolsa de dinheiro dos apóstolos ficava com ele, e, ele retirava inapropriadamente o dinheiro que se colocava ali. Já os roubadores são aqueles que retém ou desviam algo que não lhes pertencem, mas que está em suas mãos. “Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas). Quem não se lembra desse texto do livro de Malaquias 3.8. Trazendo essas informações para nosso cotidiano podemos concluir que:

    Um patrão que não paga seus funcionários, de propósito, tendo o dinheiro para tal.

    Um indivíduo que não paga seus impostos porque se utiliza de subterfúgios para ter os serviços sem precisar pagar por eles. (Ex: O que comumente se chama de “gato”, “ligações clandestinas”, de água, de luz, de internet ou outros).

    As pessoas adeptas da pirataria de todos os tipos (quem produz, quem vende, quem comprar e quem usa). A lista é grande, mas a regra é simples; aquele que retém ou desvia algo que não lhe pertence é roubador, e, isso se aplica a tudo, não só a dinheiro. Já os ladrões são toda sorte de bandidos, assaltantes, corruptos e semelhantes. Todos esses exemplos, segundo o versículo de 1° Coríntios 6.10, não herdarão o Reino de Deus.”

    15. Os avarentos:
    Pessoas com apego excessivo ao dinheiro e também subentendidas como amantes do seu próprio bem-estar sem se importar com o de outros.

    “Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.”
    (Filipenses 2:4)

    16. Os bêbados:
    Similar aos glutões mencionados mais à frente, os bêbados são dados a bebidas fortes e geralmente ficam fora de si quando embriagados. Leia: Provérbios 23:29-35 e Efésios 5:8.

    “E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia.”
    (Lucas 21:34)

    17. Os maldizentes:
    Fofoqueiros que falam da vida alheia e colaboram espalhando falatórios, boatos, fuxicos e maledicência. Leia: Salmos 120:3, Provérbios 4:24, Efésios 4:29, Efésios 5:3-4,19, Colossenses 4:6, 2 Timóteo 2:14-17, Tito 2:8, Tiago 3:6 e Tiago 4:11-12.

    “Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano.”
    (Salmos 34:13)

    18. Prostituição e impureza:
    Envolve tudo aquilo que não é puro, que é indecente e foge dos padrões morais de Deus. Envolve pornografia, masturbação e quaisquer outras coisas que fujam do padrão de Deus para o sexo (união íntima entre um homem e uma mulher no matrimônio). Somos templos do Espírito Santo. Leia: 1 Tessalonicenses 4:3-8, 1 João 2:16 e Romanos 6.

    "Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos;"
    (Efésios 5:3)

    19. Lascívia:
    A lascívia remete à permissividade sensual e licenciosa. Tudo aquilo que configura um convite a relações promíscuas e impuras envolve lascívia. Tome como exemplo fotos sensuais no intuito de chamar a atenção sexual de outra pessoa. O verso abaixo nos mostra como exemplo que o povo judeu na época do profeta Jeremias estava se permitindo adorar deuses estranhos, conhecendo realidades que não lhes cabia como povo de Deus:

    “Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor nem oração; porque não os ouvirei no tempo em que eles clamarem a mim, por causa do seu mal. Que direito tem a minha amada na minha casa, visto que com muitos tem cometido grande lascívia? Crês que os sacrifícios e as carnes santificadas poderão afastar de ti o mal? Então saltarias de prazer.” (Jeremias 11:14-15)

    20. Inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas e dissensões:
    Essas seis obras carnais citadas pelo apóstolo Paulo estão ligadas como características egoístas, soberbas e relacionadas à divisão (principalmente no ambiente da igreja). Por definição, inimizade é o típico “ficar de mal” (embora envolva também amar mais as coisas do mundo do que a Deus, conforme Tiago 4:4); porfia é disputa; emulação é competição; ira é raiva (é normal se irar às vezes, contudo devemos ter cuidado! Leia Efésios 4:26-27); peleja é combate; dissensão é divergência, desavença. Tais atitudes são repreendidas pelo apóstolo na igreja de Corinto (Leia 1 Coríntios 1:10, 1 Coríntios 3:3 e 2 Coríntios 12:20). Leia também 1 Timóteo 6:4 e Tiago 4:1.

    21. Heresias:
    Heresias são ensinamentos contrários à verdade da Bíblia. Para mais, leia este texto do EI sobre heresias.

    "E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição." (2 Pedro 2:1)

    22. Invejas:
    Invejar é olhar com desprezo sobre algo que outra pessoa possui ou ainda deseja-lo ter para você. Devemos nos contentar com o que temos e não querer o que é de outros.

    “Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.” (Êxodo 20:17)

    23. Glutonaria:
    A glutonaria é a gula, o apetite desenfreado. Quando mencionada na Bíblia, sempre está ligada à falta de vigilância, costumes mundanos e prazeres descomedidos. Leia Provérbios 23:1-2 e 1 Pedro 4:3.

    "Andemos honestamente, como de dia; não em glutonarias, nem em bebedeiras, nem em desonestidades, nem em dissoluções, nem em contendas e inveja."  (Romanos 13:13)

    FINALIZANDO...

    “Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.”
    (João 3:5 e 2 Coríntios 5:17)

    “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.”
    (1 João 1:8-9)

    Este texto inicialmente surgiu com base em uma pregação do pastor Jeferson Paulo, na época pastor da Congregação Batista Nova Esperança de Lajedinho em Janeiro de 2013, tendo sua publicação original aqui no EI no dia 10 daquele mesmo mês e ano. A versão atualizada da publicação que você viu acima foi repostada em 26/02/2016.
    Toda glória ao Deus de soberania incontestável.

    Que o Eterno nos ajude a viver em santidade para Sua glória.
    Que Ele te abençoe e te guarde.
    Mais textos de Exortação:

    Escrito por:Vítor Macedo

    Baiano, nascido em 1995 e fácil de ser caricaturado por ser barbudo e parecer um nerd. Não tem conta no FB e ainda não aprendeu a gostar do Whats. Além de gostar de psicologia e de coisas fora do comum, tem como hobbies escrever, fazer arte e mexer com códigos de programação. Depois de ser achado por Cristo, descobriu o sentido da palavra felicidade. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    16 comentários

    1. GRANDE estudo!!!!! Do tipo capaz de salvar vidas do inferno... Deus continue te abençoando cada dia mais e mais!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Amém, @BruhVieira
        Glória ao Senhor Jesus por isso! E que nós, a cada dia, venhamos fugir de cada uma dessas ações e alertar também outras pessoas.

        Obrigado,
        Deus te abençoe!

        Excluir
    2. Amém! Que Deus continue te usando para edificar vidas. Esses textos nos faz pensar sobre o nosso comportamento diante da palavra de Deus, é o Senhor nos chamando ao arrependimento.
      Que Deus abençoe grandemente sua vida.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Assim seja, Bia! Para glória dEle estamos aqui. Fico feliz pelo comentário. Que Ele te abençoe em dobro! =]

        Excluir
    3. Ótimo texto, repleto de informações valiosas. Deus o abençoe.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Amém, Luiz! Que Ele te abençoe ricamente em glória em Cristo Jesus! A Ele a glória por toda a eternidade. =]

        Excluir
    4. Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Quem tem esse pecados não entram mas Jesus limpa a pessoa antes de entrar e elas entram no ceu sem esses pecados.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Exato! Jesus é quem nos justifica, afinal, se todas as nossas obras (boas ou más) fossem pesadas na balança, estaríamos definitivamente fritos!

        Excluir
    5. Ou seja, ninguém vai entrar no céu

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá, Anônimo!
        Entendo a razão do teu comentário. Acredito que a primeira impressão que os leitores têm a respeito deste texto é justamente esta que você teve: ninguém vai entrar no céu. Diante disso, nosso intuito geral aqui, como reforçamos na introdução da publicação, é dizer que Jesus pode nos perdoar e, por sermos humanos, sempre estamos sujeitos a agir mediante alguma das ações citadas no texto, todavia, regenerados pelo Espírito não dá para permanecer em práticas condenáveis (embora algumas não são bem claras, ao menos no sentido literal da palavra, na Bíblia, como por exemplo, a masturbação e o uso de cigarros). Reiteramos: Só Jesus perdoa pecados e salva vidas. Não queremos, e nem temos o direito de condenar ninguém, até porque todos nós já fizemos algumas das ações referidas neste texto. Precisamos de um Salvador. Nossos próprios méritos são um nada diante da graça do Deus de soberania inquestionável.

        Que Ele te abençoe e te guarde! =]

        Excluir
    6. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.”
      (1 João 1:8-9)

      ResponderExcluir
    7. Eu não entendo como pessoas "cristã" escreveram um artigo desse e ainda fazem comentários como esses. Eu não e ngm deste mundo tem como passa pela vida, sem cometerem tais coisas como: Mentira, masturbaçao...enfim. O que eu vejo eh q todos focam só em um, ou dois mandamento de obediência a Deus como a prostituiçao e o homossexualismo. Não tô condenado ngm, só q eu acho que se vale um tem q valer todos.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Entendo exatamente o teu ponto de vista, meu caro. Sim, somos humanos e totalmente suscetíveis a cometer qualquer uma das ações mencionadas no texto, todavia, o intuito do texto não é "condenar" quem pratica tais atos, até porque não vejo diferença de peso em pecados como você mesmo disse (pelo fato de, geralmente, rotularmos mais pecadores uns que outros). Em síntese, a mensagem principal é: precisamos de um Salvador, necessitamos da graça e do perdão de Cristo, afinal se confiarmos em nossas boas ações para sermos salvos, TODOS seríamos condenados, afinal, como você bem disse, "... ngm deste mundo tem como passa pela vida, sem cometerem tais coisas como: Mentira, masturbaçao..." (sic)

        Que o Senhor nos ajude!
        Abraços!

        Excluir
    8. Claro que cometo pecados e alguns difíceis de largar mas a graça de Jesus é tão grande que um dia pela misericórdia dele espero vê-lo. .. seria o dia mais feliz

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sim, será o dia mais feliz!! Vê-Lo, abraçá-Lo!! É a esperança de todo cristão! A graça dEle superabunda onde antes abundou o pecado. \o/

        Continuando um dos versos utilizados neste texto: "E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus." (1 Coríntios 6:11)

        Excluir

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo