• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 25 de dez de 2014

    #108 Capítulo 8 [Jun de 2014]

    {Capítulo 8 – Segundo os outros, em terceiro, talvez eu}

    Perdão e gentilezas como ponte
    Gentilezas: Abrindo mão do orgulho e criando pontes de amor
    Incrível como estamos mal-acostumados a apenas ganhar. Vivemos em dias onde perder ou ceder é algo estereotipado como coisa de gente tola, idiota, mas a ideia não é essa, pelo contrário: É necessário perder para ganhar, é necessário ceder para ver alguém feliz, é necessário reconhecer nossos erros e assumir culpas mesmo que elas não sejam nossas, porque no mundo hoje, para a maioria de nós é muito mais fácil ficar brigado com alguém do que sermos humildes para dizermos: "Perdão, eu errei...". Quando falarem coisas sobre você às escondidas, não faça o mesmo. Ore pela pessoa e sem hipocrisia, chame ela, converse, peça perdão (mesmo sem ter feito nada) e abrace-a! Deixe o Diabo se explodir.

    Nosso bom Jesus nos deixou o exemplo: Ele levou uma culpa que não era dEle a fim de nos ver reconciliados com o Pai para todo o sempre. Em síntese: Aprender a pedir desculpas, a ceder, a perder para ganhar coisas boas, a não prejudicar amizades lindas por coisas bobas é necessário. Nem sempre estamos certos. Não há problema em discordar (com respeito), mas não é certo ser egoísta e nos acharmos "donos da verdade". O Senhor nos ensine.

    Há momentos em que dar um abraço sincero em alguém fala mais do que mil belas palavras. Você pode animar alguém com boas palavras. Não precisam ser palavras bonitas, apenas de alguém que tenha o interesse de ajudar. Faça isso!

    “Não seria melhor aguentar a injustiça? Não seria melhor ficar com o prejuízo? Ninguém deve buscar os seus próprios interesses e sim os interesses dos outros.”
    {1 Coríntios 6:7b, 10:24 - NTLH}

    Perdão: Esmagando Satanás e destruindo suas armadilhas por meio do amor de Cristo
    Para mim é muito fácil julgar o erro de alguém e dizer que o que ele faz é errado e merece condenação. Porém, acabo me esquecendo que quando ninguém está vendo (exceto Deus), eu erro, erro mais uma vez e erro de novo. Nessas horas, meu caráter é testado, e Deus, com Sua imensurável misericórdia, me perdoa, não lança meus pecados à minha face... Apenas me ama e me aceita por mais que eu errasse trocentas vezes. Se Ele sendo Deus, faz isso comigo, o que me impede de fazer o mesmo para com os que necessitam tanto de um perdão e de uma mão estendida? "Perdoar" e "perder" são palavras semelhantes apenas na grafia, mas são coisas totalmente distintas. Quem perdoa, ganha!

    "E a quem perdoardes alguma coisa, também eu; porque, o que eu também perdoei, se é que tenho perdoado, por amor de vós o fiz na presença de Cristo; para que não sejamos vencidos por Satanás;"
    {2 Coríntios 2:10}

    Se recuse a se adaptar a um ambiente que foge dos padrões de Deus
    Os seres humanos por natureza são seres influenciadores e influenciáveis. O incrível é que é fácil nos moldarmos a situações às quais vivemos (embora algumas regras possuem exceções). Algumas pessoas possuem habilidade de persuasão, outras se deixam levar por palavras belas, outras retrocedem no caminho em que antes seguiam apenas por causa de discursos e palavras cheias de efeito, mas lá no fundo tão vazias... Cuidado com o ambiente em que você está se adequando, com coisas que você ouve/vê e talvez ache normal, mas provavelmente não seja e estão alterando tua essência sem você notar (ou talvez note, mas ignora). Não ligue se copiarem/plagiarem o que você escreve. Anseie edificação de vidas e não créditos. Não siga a maioria. É treta! Nem sempre o que "todo mundo" faz é certo. Se é estranho demais para os outros, mas é o correto, faça sem medo!  {Êxodo 23:2}

    "Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;"
    {Colossenses 2:8}

    Experiências de dor agora trazem cura para outras pessoas no futuro
    Se você acha que ninguém passa pelo mesmo que você, leia 2 Coríntios 11:24-30. Você conhecerá alguém que sofreu horrores por pregar a Jesus, mas nunca desistiu. Ele sabia que nunca estava desamparado, que a graça do Senhor era tudo que Ele precisava, que o melhor não estava aqui neste mundo. De quebra, seja consolado com 2 Coríntios 4:8-9. E quando você não entender o que está acontecendo com teu coração, saiba que momentos assim não necessários para o Senhor nos moldar. Mesmo quebrando a cara com os erros e experiências que esperávamos ser algo enquanto era outra, o Senhor nos quer de volta.

    Aí você pensa: "Por que eu fiz isso ou não fiz aquilo?" Talvez a explicação seja óbvia: Se você não errasse, não saberia que errou e, consequentemente, não aprenderia. Lógica: Não fique com remorsos. As coisas não podem ser desfeitas, mas você pode aprender com os erros e o modo de se sentir melhor é não cometê-los novamente. A experiência conta! Passamos por algumas situações a fim de ajudar outras pessoas. Deus nos ajuda sempre para que possamos consolar outros.

    “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação; Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus. Porque, como as aflições de Cristo são abundantes em nós, assim também é abundante a nossa consolação por meio de Cristo. Mas, se somos atribulados, é para vossa consolação e salvação; ou, se somos consolados, para vossa consolação e salvação é, a qual se opera suportando com paciência as mesmas aflições que nós também padecemos;”
    {2 Coríntios 1:3-6}

    [J]á viv[e]mo[s] em [u]m tempo onde o[s] sentimen[t]os das p[e]ssoas estão se perdendo... O que a[g]ora era para ser de [u]ma form[a], está sendo de out[r]a apenas porque insistimos em fazer tu[d]o igual (por modas passageiras ou tradições) [e] isso cansa. [E]nfim... Não o[l]h[e] para as falhas humanas e para as dúvidas que insis[t]em [e]m vir à tua c[a]beça. Co[m]o diz uma bela música: "Tudo n[a] vida passa, muito já se passou." 
    Mais textos de Rabiscos Sem Títulos:

    Baiano, nascido em 1995 e fácil de ser caricaturado por ser barbudo e parecer um nerd. Não tem conta no FB e ainda não aprendeu a gostar do Whats. Além de gostar de psicologia e de coisas fora do comum, tem como hobbies escrever, fazer arte e mexer com códigos de programação. Depois de ser achado por Cristo, descobriu o sentido da palavra felicidade. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo