• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 31 de dez de 2014

    #109 Capítulo 9 [Jul/Ago de 2014]

    {Capítulo 9}
    Revolução com amor

    Se eu fizer, irei me ferir
    Na vida, basicamente, você primeiro quebra a cara para depois aprender a juntar os cacos que restaram. Não se assuste e nem insista muito se coisas inesperadas acontecerem, aparentemente, te impedindo de realizar algo previamente planejado. Em alguns casos, é Papai do céu intervindo para você não precisar quebrar a cara. [Leia: Números 22:21-35] Metaforicamente falando, se você sabe que uma faca pode cortar, por que passar o dedo em sua lâmina? "O prudente percebe o perigo e busca refúgio; o inexperiente segue adiante e sofre as consequências." {Provérbios 22:3 - NVI} Há toques que precisamos ouvir para não ser necessário dançar. Aprenda a escutá-los. Deus é bom.

    Às vezes, precisamos aprender as coisas da forma mais difícil. Ouvimos e sabemos que não estamos certos, mas a vontade de permanecer no erro parece ser maior. Mas, há um Deus que se importa conosco, que não quer nos ver agindo como filhos rebeldes que fazem o que querem. É nessas horas em que Ele permite que tomemos um bom choque de realidade para sabermos que as coisas não são como pensamos. Ele permite circunstâncias meio desoladoras para nós porque Ele nos ama, e ai de nós se não fosse Seu amor sem fim e as inúmeras "segundas chances" que Ele nos dá. Ainda bem que as coisas nem sempre acontecem da forma que esperamos e que Ele não age segundo nosso próprio querer.

    Prove, experimente... Tente ao menos
    Foi naquele 04 de agosto de 2010, em uma manhã... Um garoto, na época com 14 anos, sabia que Deus existia (ao menos por tradição), mas apenas sabia, pois conhecê-Lo de uma forma maior, não ainda. Mas, o amor do Senhor tem dessas coisas... Em um dos piores dias da vida dele, em que aquele adolescente não se sentia amado, quando ele já não mais sabia o que fazer, algo tocou sua mente (ou seu coração) e ele pensou: "Há um Deus no céu que pode trazer minha alegria de volta." Usando a razão, ele decidiu não apenas saber do Deus... Ele quis conhecer Jesus, saber que realmente aquele Deus do qual tanto ouvia falar, poderia trazer sua alegria de volta. Foi quando aquele menino reconheceu que só Jesus salva, liberta, transforma e dá o verdadeiro sentido da palavra vida. Ele se sentiu completo, amado, feliz e regozijado em saber que Jesus o amava de uma forma sem igual, como ninguém mais! E esse menino sou eu! Hoje, 4 anos depois daquele lindo dia, sinto-me tão bem em saber que Jesus me deu (e me dá diariamente) a alegria e a vida que eu tanto precisava! É um amor sem igual de um Deus infinitamente bom!
    [Texto escrito em 04/08/2014, quando, pela graça, o Senhor me permitiu completar 4 anos em Sua presença =]

    Você só precisa dar o primeiro passo para saber que algo não é tão difícil como você imaginava. Na verdade, alguns segundos de coragem na vida são necessários. (Ignore isso se os propósitos forem ruins) Lembre-se do que te traz esperança, das coisas boas que Deus fez no passado e não do que te faz sofrer. Tente!

    Quando você cansar de tudo, não pare e nem ande. Caminhe e nada mais. Ao invés de andar, caminhe! Parece ser a mesma coisa, mas não é! Andar é dar passos aleatórios e caminhar há um foco, um caminho, um objetivo. Que o nosso caminho não seja nosso, mas apenas seguindo os passos e orientação do mestre Jesus.

    "Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida." {João 8:12}

    Gratidão é honra
    A natureza humana, praticamente, sempre espera receber algo em troca. Seja uma devolução ou um simples obrigado, mas gratidão não se resume em palavras. Penso que a melhor forma de expressar gratidão a alguém é honrando-a. Seja grato(a) a seus pais, honrando eles. Sendo um(a) bom(a) filho(a); Seja grato(a) a quem te ajudou, honrando-a e ajude sempre que necessário; Seja grato(a) a teus amigos, agindo com honra, falando a verdade, mesmo que eles não queiram ouvi-la.

    E o mais importante: Agradeça a Deus por tudo que Ele tem feito por você, honrando a Seu Santo nome onde, quando e como quer que seja. Vivendo como Ele quer que vivamos (apesar do nosso monte de falhas) e se entregando a Ele por inteiro, sem sobras. Entregando nosso maior tesouro, o nosso coração, a nossa vida a Ele. Gratidão é honra.

    Se imaginar no lugar do outro é necessário
    Um dos nossos maiores erros é justificar nossos acertos frente aos erros de outras pessoas. É fácil julgarmos pessoas que se desviaram do caminho de Cristo, julgarmos pessoas que mudam de comportamento de repente, mas não é fácil (ou é, mas inventamos desculpas para tentar provar o contrário) tentar entender o porquê de decisões extremas serem tomadas. Olhar a situação de alguém e especular é super fácil. Se colocar no lugar dela e tentar entender o que ela tem passado e dar bons conselhos também é, mas na verdade, preferimos descartar essa opção.

    Há situações em que as pessoas precisam ouvir palavras agradáveis a ela como agente motivador. Seja para serem persuadidas ou para serem ajudadas. Se você notar que alguém está destacando qualidades em você ou ela tem o intuito de te persuadir a fazer algo que ela queira ou ela quer muito te ver feliz.

    Olhando para o céu tentando encontrar uma constelação, me lembrei que durante o dia, as estrelas permanecem no céu, mas o brilho do Sol as ofusca, não permitindo que elas apareçam... Quantas vezes tentamos ser como o Sol? Fingindo que temos um brilho, que não estamos propícios a sofrer o mesmo que os outros, que somos "super-humanos", como se a opinião dos outros, as sugestões, os conselhos fossem algo insignificante? Acontece que não somos como o Sol. Na verdade, o ideal é ser como a Lua, o nosso satélite natural. Mas, por que logo a Lua? Ora, ela não tem luz própria! Ela é uma espécie de espelho, de refletor... Ela reflete a luz que vem do Sol. Nessa comparação, entenda o Sol como Deus (embora, o Senhor brilha muito mais que vários sóis!), nós como luas que necessitam refletir Sua luz (apesar de falharmos inúmeras vezes e não agir como deveríamos, a começar por este que vos escreve), dependendo dEle para tudo e todas as coisas. E as estrelas são estrelas. Não queira ser estrela, nem ter brilho próprio, seja como a Lua.

    Revolução sugere evolução
    O que fazer naqueles dias em que a mente está meio "revoltada"? Descontar tudo em todos? Demonstrar que eu posso, que ninguém manda na minha vontade e eu faço o que eu quero? Não! Falhamos muitas vezes por não saber lidar com nossas próprias emoções. Achamos que iremos melhorar se fizermos uma espécie de "lista negra" com o nome das pessoas que já aprontaram conosco e pensar que o certo é dar o troco em cada uma delas, parecendo crianças embirradas. Essa rebeldia é tão boba... Os momentos de inconformismo (assim fica melhor) só valem a pena quando mudamos a nós mesmos, internamente. Nos revoltamos achando que o mundo precisa mudar, que as pessoas precisam ser melhores, mas quem precisa mudar somos nós mesmos, pessoalmente, transformando nossas emoções e sentimento de revolta em algo catalisador que nos impulsione a uma mudança interna, não de descontar nada nos outros, mas de transformarmos a nós mesmos diariamente.

    "Como a cidade derrubada, sem muro, assim é o homem que não pode conter o seu espírito."
    [Provérbios 25:28 =]

    Há situações em que não podemos resistir às mudanças: Se não mudarmos, a tendência é sofrermos com possíveis consequências... É como uma das leis de Charles Darwin: Você precisa se adaptar a certas situações e mudar em algumas coisas a fim de não regredir em certos detalhes. Mas, também há situações em que é mais que necessário manter a convicção! Algo ao estilo Daniel: Mesmo com o risco de morrer, o que importa é fazer o que é certo, justo e que agrade ao Senhor Deus! \o/ Juntando os dois pontos, lembro de uma frase mega-interessante de Martinho Lutero: "A paz se possível, mas a verdade a qualquer preço." Resultado: Se for necessário mudar para fazer o que é certo, faça! Não se importe com outras óticas, desde que não haja legalismo. O amor tem que estar acima das regras, e as regras devem ser regidas pelo amor. Quem ama é justo. "Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;" {Mateus 5:10}


    Que o Senhor Jesus te abençoe e te guarde! =]
    Mais textos de Rabiscos Sem Títulos:

    Escrito por:Vítor M. Fagundes

    Baiano, nascido em 1995, curte escrever (de textos incomuns a códigos de programação) e, para ele, o normal é não ser normal. Depois de ser achado por Cristo, Vítor descobriu o que é viver e o que é a felicidade plena. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo