• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 27 de mar de 2017

    #172 O dia em que bati de frente com o Sessenta e Nove

    Há dias em que faltam palavras (eu já disse isso outras vezes), mas há situações em que tê-las em excesso não te faz bem. Você não pode se corromper. O que você pode ver como evolução pode significar retrocesso aos passos em que você volta a ser aquilo que um dia abominou. Sobre mim, cara... não quero ser mais um híbrido. Cansei de acumular sujeiras do velho homem e juntá-las com o cheiro de novo que adquiri ao estar com Deus. A felicidade de estar com Ele já não combina mais com os pensamentos narcisistas de quem pensava ser um justiceiro de causas nobres. 

    banksy graffiti

    Agradeço a Deus por Ele nos livrar da telepatia. Tal proeza poderia nos ferir, se não pela prepotência, seria pelas infelizes descobertas. Não é possível ler mentes (fato!), mas é possível ler faces e o que os outros olhos, silenciosamente, nos contam. Sem barulho e na presença de luz, as pupilas se contraem; em sua ausência, elas se dilatam. Apesar de parecer ínfimo e trivial, o que elas dizem significam muito quando você, mesmo sabendo quase nada, ainda sabia algo, mas nunca quis admitir tais verdades.

    Entristecer aumenta meus mistérios, me leva a conhecer o Sessenta e Nove que, volta e meia, quer vir à tona e sufocar o novo homem, criado à semelhança do Filho de Deus. Peço socorro outra vez, quando Ele já sabe que confiar em nossa própria força é como carregar água na peneira ou comida em um saco furado. O Sessenta e Nove é perverso, frio e esquecido da absurda dependência do Deus soberano, justo e bom. Encontrar-me com ele me traz medo ao pensar que ele ainda perambula em meio aos recônditos do meu ser, procurando uma simples oportunidade de emergir e pintar o mundo com suas paletas insossas e descabidas de graça.

    “Filho meu, não te esqueças da minha lei, e o teu coração guarde os meus mandamentos. Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz. Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração. E acharás graça e bom entendimento aos olhos de Deus e do homem. Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal. Isto será saúde para o teu âmago, e medula para os teus ossos.”
    (Provérbios 3:1-8)

    Há mais coisas que poderiam ser ditas (e você sabe disso), mas, resumidamente, seja mais que forte que a entrega (🎵) e prefira depender, meu caro. Absurdamente, como nunca antes. E não esqueça que o Eterno Inconformado não pode se conformar. Ele é falho, pecador e miserável, mas, antes disso, é agraciado e dependente. E depender do bom Pai é o sinal que você tem de que sem Ele, você não vai a lugar algum.

    Apenas dê graças a Deus por isso: por você ser dependente!
    E que Papai do céu te abençoe e te guarde! =]
    Mais textos de Exortação:

    Escrito por:Vítor M. Fagundes

    Baiano, nascido em 1995, curte escrever (de textos incomuns a códigos de programação) e, para ele, o normal é não ser normal. Depois de ser achado por Cristo, Vítor descobriu o que é viver e o que é a felicidade plena. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo