• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 9 de mar de 2015

    #116 II. Basta [Texto B]

    basta radicalize acabar com heresias e hipocrisia verdadeiro amor cristão discipularRebelde. Eis aí uma palavra que tenho ouvido constantemente. Talvez, os textos com conteúdo fora dos padrões que o próprio meio eclesiástico “moderno” vem tentando impor sejam marca registrada deste blog no qual você está agora. Críticas, inconformismo, rebeldia, não sei... encontrar adjetivos para tentar descrever o Eterno Inconformado não é a solução, aliás, perder tempo tentando rotular coisas desnecessárias ao invés de se guiar para soluções tem sido o nosso problema. Eis a questão! Talvez isso não pare agora, mas quem sabe já está na hora de dar um basta. Prossigamos.

    No nosso post anterior, relatamos as experiências e lições estudadas nos Atos dos Apóstolos em conjunto com meus amiguinhos e irmãos que guiados pelo Papai me ajudam aqui no EI. Com base em uma passagem do nono capítulo, vamos ler algumas coisas. Observe:

    “E Saulo levantou-se da terra, e, abrindo os olhos, não via a ninguém. E, guiando-o pela mão, o conduziram a Damasco. E havia em Damasco um certo discípulo chamado Ananias; e disse-lhe o Senhor em visão: Ananias! E ele respondeu: Eis-me aqui, Senhor. E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, e vai à rua chamada Direita, e pergunta em casa de Judas por um homem de Tarso chamado Saulo; pois eis que ele está orando; e respondeu Ananias: Senhor, a muitos ouvi acerca deste homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; e aqui tem poder dos principais dos sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome. Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel. E Ananias foi, e entrou na casa e, impondo-lhe as mãos, disse: Irmão Saulo, o SENHOR Jesus, que te apareceu no caminho por onde vinhas, me enviou, para que tornes a ver e sejas cheio do Espírito Santo. E logo lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e recuperou a vista; e, levantando-se, foi batizado.”
    {Atos 9:8,10-11,13-15,17-18}

    Note que quando Paulo estava sem enxergar, seus companheiros - mesmo sem entender o que estava acontecendo – o guiaram pela mão até Jerusalém. Em seguida, Ananias sendo sincero com Deus, reconhece que estava receoso e com medo de ir visitar Saulo, mas a obediência ao Papai foi maior que seus temores, daí vemos outra lição de companheirismo: ele foi em obediência ao Senhor e impondo as mãos sobre Paulo, ele voltou a enxergar.

    Textos de A a Z

    Resumindo, vamos pensar dessa forma: Há pessoas cegar nos nossos dias, que mesmo tendo um encontro com Jesus, não conseguem enxergar. Elas precisam de irmãos dispostos à guia-las em caminho à verdade. Foi isso que os companheiros de Paulo fizeram. Em seguida, mesmo com medo e receio, nossa obediência ao Senhor deve ser maior e levar visão àqueles que estão cegos, tal como Ananias.

    Saulo ficou três dias cego e em jejum, e durante esse período de consagração, ele precisou de ajuda de outras pessoas. O Papai ama que trabalhemos em união e um só propósito, mas infelizmente não tem sido assim em certos casos... temos perdido muito tempo ao ouvir pregações e gritar “- Verdade!”, “- Fala, Deus!”, “Amém, Jesus!” e coisas do tipo, mas estamos desligados com o olhar para o próximo e ajuda-lo quando ele está caído, enfraquecido, precisando de ânimo, amor e ensino. Perdemos tempo achando que já temos luz e os outros que fiquem no escuro, afinal sou salvo e os outros que venham por si só. A luz de Cristo que temos é para iluminar o caminho para outros chegarem até Ele. Perdemos tempo em querer formar massas numéricas dentro da igreja, convocando uns aos outros para entrarem na igreja e sermos mais uns, quando deveríamos cuidar dos que estão lá dentro correndo o risco de cair a qualquer momento. Evangelizamos, anunciamos, mas não cuidamos, não discipulamos. Perdemos tempo julgando condutas, vestimentas e costumes dando lugar à religiosidade legalista onde deveríamos criticar menos e agir mais.

    Jesus morreu para tirar o seu pecado e não a sua inteligência - Nicodemus

    No mais, a crítica tem começado por esse rotulado “rebelde” que aqui escreve, mas o Senhor sonda os corações; o amor por todos deve falar mais alto. Incendeie o ambiente onde você está, salgue o lugar doce demais em que todos estão adaptados, porque o diferente incomoda, atitudes verdadeiras e amorosas sem segundas intenções chamam a atenção. Já está mais do que na hora; basta!

    Baiano, nascido em 1995 e fácil de ser caricaturado por ser barbudo e parecer um nerd. Não tem conta no FB e ainda não aprendeu a gostar do Whats. Além de gostar de psicologia e de coisas fora do comum, tem como hobbies escrever, fazer arte e mexer com códigos de programação. Depois de ser achado por Cristo, descobriu o sentido da palavra felicidade. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo