• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 24 de mar de 2015

    #118 IV. Dons Desprezados, Desejos Desesperados [Texto D]

    Dons desprezados, desejos desesperadosJá parou para pensar em como a atual geração de jovens tem se espalhado em gerações anteriores para viverem o hoje? Vemos isso na forma de se vestir, da postura, opinião, músicas e atitudes... assim vemos que artistas de décadas anteriores deixaram marcas que influenciam bastante a forma de pensar daqueles que estão com a mente em formação nos dias de hoje. Mas, e nós, a geração eleita, separada das trevas para anunciar a luz daquele que nos deu a salvação? O que temos desejado? O que temos deixado? O que temos feito com os dons que nos foram dados?
     
    “Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá. Não desprezes o dom que há em ti.”
    {Tiago 4:3;1 Timóteo 4:12-14a}

    Dons desprezados
    Um dom é algo que o Senhor nos dá, algo especial para trabalharmos para Ele de forma específica. Talvez alguns de nós tenhamos facilidade de falar, outros de escrever, de aconselhar e afins. Que tal usar esses presentes especiais que o Papai nos deu para presentearmos outros? Não podemos viver de forma inconsequente, como se cada dia fosse normal porque, olhando de forma espiritual, eles não são! Cada dia é novo para fazermos coisas diferentes, fugindo apenas das teorias. Se no ambiente onde você vive – seja escola, casa, trabalho, curso ou qual for - está tudo igual, seja você a diferença então. Mais do que ser mais um, seja o “um” que somado ao poder do Papai resultará em vida para outros. Seja um bom exemplo com a ajuda do Papai, persevere, avance; não despreze o dom que há em ti.

    Textos de A a Z

    Desejos desesperados
    Já ouvir dizer que nós somos maus pedintes, que não sabemos pedir a Deus? Então... a questão não é o “não saber pedir”, mas sim “o que pedimos”. Temos sido egoístas em clamar e clamar ao Senhor por nossos próprios interesses somente. Pedimos coisas para nos satisfazermos quando nossa motivação deve ser Ele e só Ele; quando olhamos para Ele aprendemos a olhar para o outro... nos desesperamos por coisas passageiras, para nossa própria glória, para satisfação pessoal, mas de que adiantará se usarmos tudo isso para mostrar superficialidade para outras pessoas? Devemos ter cuidado com nossas motivações. Se elas forem egoístas, nosso coração irá se ensoberbecer e aí começa a queda, quando nos achamos seres superiores talvez por ter uma roupa mais interessante, um visual mais descolado ou coisas do tipo. Já passei por isso e a graça do Papai tem me mostrado que esse lance de prepotência poderia me derrubar. A minha (e a tua) motivação deve ser a de honrá-Lo, apenas isso! Os meus desejos desesperados podem me levar ao afastamento da presença do Papai e, sinceramente, esse não é o desejo dEle, nem o meu. Que teus olhos vejam só a Ele e que mais que desejá-Lo, você prossiga em estar com Ele em todo tempo.

    dons desprezados desejos desesperados desafio diário direção de Deus dias diferentes
    Desafio diário
    Concluindo, temos o nosso desafio diário: Não desprezar os dons que o Senhor nos deu e colocar os interesses do Reino acima dos nossos que são terrenos e temporários. [Leia também este texto]

    “Mas é grande ganho a piedade com contentamento. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão.”
    {1 Timóteo 6:6-11}

    Que nossa direção venha sempre do Senhor.
    Que Ele te abençoe e te guarde em nome do Senhor Jesus. =]

    Baiano, nascido em 1995 e fácil de ser caricaturado por ser barbudo e parecer um nerd. Não tem conta no FB e ainda não aprendeu a gostar do Whats. Além de gostar de psicologia e de coisas fora do comum, tem como hobbies escrever, fazer arte e mexer com códigos de programação. Depois de ser achado por Cristo, descobriu o sentido da palavra felicidade. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    2 comentários

    1. Texto edificante! Que o Senhor Jesus continue te abençoando.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Amém, Daiane! Fico feliz que o Senhor tenha falado contigo através do texto!
        Que Ele te abençoe em dobro!
        Abraços! =]

        Excluir

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo