• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 13 de abr de 2015

    #121 VII. Gradativa Guarnição [Texto G]

    Filipenses 3-7 mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo - perder para ganhar - gradativa guarnição
    Recentemente, tenho vivido experiências que me mostram que sou mais miserável do que imaginava. Escrevo isso não para mostrar coisas específicas, mas com o intuito de compartilhar experiências e lições que o Senhor tão bondosamente vem me mostrando nesse período. Nosso coração por natureza é perverso, mal, e se vacilarmos, a tendência é piorar e piorar. Ver pessoas caírem, se revoltarem, criticarem, terem sua natureza e opiniões expostas e deixar isso refletir em sua personalidade absorvendo tudo isso ou se infiltrar nessas situações de forma blindada deixando todas essas coisas perversas se derreterem quando tocadas em sua armadura dada pelo soberano Papai? Deixar sua mente e sentidos definirem seu caráter ou abandonar tudo e seguir em frente como um soldado direcionado pelo Senhor a fazer a diferença?

    Textos de A a Z

    “Ainda que também podia confiar na carne; se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu: circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu; segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível. Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, e seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte; para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dentre os mortos. Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus.

    Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. Por isso todos quantos já somos perfeitos, sintamos isto mesmo; e, se sentis alguma coisa de outra maneira, também Deus vo-lo revelará. Mas, naquilo a que já chegamos, andemos segundo a mesma regra, e sintamos o mesmo.

    Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o SENHOR. Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco.”
    {Filipenses 3:4-16, 4:5-9}

    Que palavras! Quando eu peguei me rotulando baseado no que ouço ou no que minha mente diz, o Senhor me mostra que tentar mostrar regras ou expor dialética por minhas próprias convicções não dará certo. Coitado de mim em pensar assim. O que eu considero como valoroso, preciso desprezar; haverá momentos em que terei de recuar para fazer outros avançarem; os rótulos ou impressões que as pessoas tem sobre mim não dizem quem sou, mas me fazem refletir sobre qual imagem estou passando de verdade. Se eu continuar escravo de mim mesmo e das minhas próprias convicções, os outros não entenderão que foi para a liberdade (não o que eu entenda como liberdade) que Cristo me chamou. Em situações assim a aparente vitória nem sempre trará ganhos, contudo uma aparente derrota pode significar vitória coletiva, para a glória do Papai e não em forma de troféus ou medalhas para um cara mau (que a graça do Senhor alcançou de forma incontrolável) como eu.

    continuar lutando não desistir ajudar outros armas espirituais Efésios 6:10

    Você pode estar mal agora, passando uma frágil e enganosa impressão para os outros, mas o Senhor vê teu coração e Ele te orienta a não olhar para o que passou, mas para Ele. Ele é bom e especialista em tratar corações perversos.

    o bom relacionamento cristão

    Continue lutando.
    Que o Senhor te abençoe e te guarde em nome do Senhor Jesus =]

    Baiano, nascido em 1995 e fácil de ser caricaturado por ser barbudo e parecer um nerd. Não tem conta no FB e ainda não aprendeu a gostar do Whats. Além de gostar de psicologia e de coisas fora do comum, tem como hobbies escrever, fazer arte e mexer com códigos de programação. Depois de ser achado por Cristo, descobriu o sentido da palavra felicidade. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo