• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 17 de ago de 2015

    #135 XIV. Nada Normal [Texto N]

    Não é normal se conformar.Nada normal pecar
    sem                                       medir
    as feridas no Desprezado
    Em cada chaga aberta há um nome significando
    Por que o espelho nunca está virado pra si?
    Sempre se alisa pecados com tanta vazão
    Quando não há nada normal em ser uma farsa.

    "Esteja sobre mim teus olhos
    para que nada que te fira saia de mim.
    Me toca em vida" eu pedi.
    Para que pedidos se já brotam podados pelas nossas linhas?
    Nada normal colocar Deus numa [caixinha].
    Nada normal se colocar junto.

    Ideais, ideias, simular, sepulcro.
    Não se percebe as ideias
    simuladas em ideais fúnebres
    A morte prepara o dia
    enquanto o pecado é fornecedor
    E as pedradas que o Corpo se dá
    São pegadas satânicas pra Vida findar.
    Nada normal desfazer o linho.
    Nada normal ceder a costura do mau.

    O Deus do "não matarás" tornou-se pretexto para
    E o texto é o povo da Cruz
    que uma vez chorou pelo Rejeitado.
    Em que olhos se vêem os homens de dores?
    Que olho notou as Madalenas?
    Se esqueceram do Cordeiro Mudo
    E deram voz aos judeus da Cruz.
    "Crucifica!" é o que gritam
    E a cruz de muitos pesa bem mais
    Nada normal declarar guerra.
    Nada normal julgar.

    Normal seria esquecer legalismo e se mover no s   o   p   r   o  criador.
    Normal seria ser Verdade
    em meio
    há tanta normalidade.
    Normal seria ser coerente e,
    pelo menos
    uma
    vez,
    amar
    amar.

    Textos de A a Z

    Um transgressor carioca que sabe se afastar de Deus, mas também sabe que pertence a Ele. Que sempre escolhe o que não é em vez do que é, mas ainda assim, encontra Graça. Ama ler e escrever; sempre que pode, compra livros. Gosta da Taylor Swift, assiste Arrow, Flash e outras sem nunca desprezar um doce para acompanhar porque doce não se despreza nunca. (Só se você for diabético). O cinema é a sua paixão, ele vai até sozinho. Cantar também, apesar de não ser tão brilhante nisto. Convide-o pra sair numa sexta, é o seu dia preferido. Mas não o chame de Leonardo, por favor! Prefere Léo, ou até mesmo, pecador. Um pecador amado.

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo