• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 7 de mar de 2018

    #205. Tenha e Mantenha

    O que você tem hoje que é fruto de oração? O que você vive no presente que é resposta de lágrimas e pedidos realizados no passado? Um relacionamento - o namoro com alguém especial, o casamento abençoado pelo Senhor -, a vaga naquele curso que você tanto sonhou, o emprego promissor... a oportunidade de servir ao Senhor com os dons que Ele te deu? Pare alguns segundos para pensar sobre isso, para em seguida continuar a leitura.

    Muito bem. Listou os teus frutos de oração? Agora, pense em como você tem cuidado de cada uma dessas coisas:

    §1. No relacionamento, você vem cuidando, de verdade, desta pessoa que Deus te deu como um presente? Ou tem negligenciado o amor constante para que a rotina não vos canse?

    §2. Na faculdade, você vem se esforçando para aprender o máximo do conteúdo ministrado? Ou está lá apenas sentado em uma cadeira, com os olhos no celular enquanto a aula flui?

    §3. No trabalho, você vem crescendo profissionalmente, honrando a Deus e aos teus superiores? Ou vê cada ida até lá como um fardo insuportável que precisa ser carregado diariamente (na forma de um ponto que precisa ser assinado)?

    §4. Na missão que o Senhor te deu, munido e confiado de dons e talentos, você vem servindo com amor e dedicação? Ou reclama internamente das oportunidades que recebe para ministrar o louvor, a Palavra, o evangelismo ou coordenar determinada atividade no Reino?


    “E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam. Mas as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós, ide antes aos que o vendem, e comprai-o para vós.”
    {Mateus 25:8-9}

    Todos os exemplos citados acima envolvem, basicamente, três ações: relevância, constância e diligência:

    1. Relevância para não ser só mais uma coisa ou só mais um alguém. Valorize o que Deus te dá.
    2. Constância para manter o ritmo e não se cansar. Viva cada dia como se fosse o primeiro.
    3. Diligência para se esforçar; pôr uma força maior do que a que se tem. Não fique parado, zele e proveja.

    constância mais importante que a intensidade

    Note em Mateus 25:1-30 duas parábolas: as dez virgens e os talentos. Na primeira parábola, cinco das dez virgens tinham lâmpadas, mas não as mantiveram acesas. Quando o noivo as chamou, elas não puderam subir com ele. Na segunda parábola, o servo que havia recebido um talento, o escondeu; como consequência, o que ele tinha lhe foi tirado e dado a outra pessoa.

    Pense, novamente, no que você tem como resposta de oração. Agora pense em como você pode manter essa dádiva que o Senhor te deu. Cuide! Desfrute a cada dia do que agora é (sim, com o verbo conjugado no presente, pois não foi resposta, é resposta!) a concretização de algo que você pediu a Ele!

    Lembre-se, diariamente, do quanto isso parecia importante enquanto pedido e agora é mais importante ainda enquanto presente. Pois, sim, o presente é um presente vindo dos céus para você!

    E mais do que ter, que o nosso bom Pai nos ajude a manter.
    Que Ele te abençoe e te guarde em nome de Jesus! =]
    Mais textos de Exortação:

    Escrito por:Vítor M. Fagundes

    Lajedinhense nato (BA), nascido em setembro de 1995, curte escrever (de textos a códigos) e fazer arte. Para Vítor, o normal é não ser normal. Acredita soberanamente na graça e que viver é pertencer a Jesus. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Comentários

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo