• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 29 de abr de 2017

    #181 Não entre em contradição

    Não entre em contradição ao falar de soma, se você só diminui. Não!
    Não entre em contradição ao dizer que conhece a Deus, se você não ama nem quem te ama. Não!
    Não entre em contradição ao ofertar, se você ainda não se rendeu. Não!
    Não entre em contradição ao falar de gratidão, se você só reclama. Não!

    Não entre em contradição ao desejar o adorar, mas recusa-se ao servir. Não!
    Não entre em contradição ao dizer que Deus te perdoou, se você não liberou perdão. Não!
    Não entre em contradição ao dizer que deseja fazer a obra, mas tem preguiça de ir aos cultos. Não!
    Não entre em contradição ao falar de fome, se você trata oração como ração. Não!

    Não entre em contradição ao falar do fogo, se você é gelo. Não!
    Não entre em contradição ao detestar a chuva por preferir dias de Sol. Não!
    Não entre em contradição ao falar do sujo, se você é o mal lavado. Não!
    Não entre em contradição ao falar de quem julga, se você se acha juiz. Não!

    Não entre em contradição ao dizer que deseja ver Jesus, mas gostaria que Sua volta fosse adiada. Não!
    Não entre em contradição ao louvar ao Senhor e depois falar imoralidades e maledicências. Não!
    Não entre em contradição ao falar da fé, se quando as coisas apertam, você repensa o que disse. Não!
    Não entre em contradição ao dizer que é inconformado, mas se conforma fácil com o que é difícil. Não!

    Não entre em contradição ao dizer que Deus é soberano, se você quer obrigá-Lo a te abençoar. Não!
    Não entre em contradição ao se apressar em ir à igreja, mas ignora quem precisa de ajuda no trajeto. Não!

    Não entre em contradição se você quer ser honrado, mas deseja humilhar logo em seguida. Não!
    Não entre em contradição ao falar da graça, se você prefere que teus esforços se sobressaiam. Não!
    Não entre em contradição ao dizer que ama, mas fere. Não!
    Não entre em contradição ao gritar “Aleluia!” para depois gritar “Crucifica!”. Não!

    Não entre em contradição ao sair pela tangente. Não!
    Não a você mesmo. Sim!

    “E por que me chamais, SENHOR, Senhor, e não fazeis o que eu digo? Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele. Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.”
    (Lucas 6:46 + João 14:21; 15:14)

    Não entre em contradição
    Mais textos de Exortação:

    Escrito por:Vítor M. Fagundes

    Baiano, nascido em 1995, curte escrever (de textos incomuns a códigos de programação) e, para ele, o normal é não ser normal. Depois de ser achado por Cristo, Vítor descobriu o que é viver e o que é a felicidade plena. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo