• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 30 de mai de 2017

    #189 Sentimentos (simples assim mesmo)

    Perdoe-me a intromissão, mas minha missão é te ver bem e não posso ser omisso. Mais do que isso, preciso te ver firme com o Amado. Saiba que antes de desejar outro amor, Ele te ama. Relacione-se com Ele antes de buscar outros relacionamentos. Teu coração é teu maior tesouro, por isso guarde-o com o Amado. Só quem tiver intimidade com Ele será capaz de encontrá-lo. Mande a carência procurar algo mais útil e, quanto às lábias, você sabe... só se ilude quem não conhece a verdade.

    Essa autoconfiança me faz desconfiar. Não é porque você já conhece o caminho do erro que deve voltar a trilhá-lo sempre que quiser. Não se divida entre o transitório e o eterno. Você tem uma dádiva, não uma dívida; sem dúvidas, nada foi em vão. Tudo colaborou para que hoje você soubesse que existe um freio ao lado do acelerador.

    Se ocupe e não se preocupe. Esqueça o que passou e sente-se ao lado do Amado junto à lareira. Aqueça teu coração com Ele... esqueça o frio e as barreiras que pretendes criar. Não é porque deixaram feridas em ti, que deverás ferir também. Decore teu jardim e deixe que o verdadeiro cultive a rosa que habita em você, contanto que antes você crie raízes no solo do Amado, o Criador.

    Cuidado com os cacos no chão, eles podem te ferir! Tenho medo de que você os pegue e fira a si própria e a outros. A culpa não é do amor, se você só conheceu a rejeição. Peço ao Amado que Ele venha te abraçar com Sua graça. Ele não irá remendar teu coração, mas te dará outro totalmente novo. O amor de verdade virá para te ensinar que vidro não é diamante e que no coração de quem fere, pode estar preso alguém que, um dia, foi ferido. Esse alguém precisa de amor para ser liberto. Pois bem... O Amado é amor e, sim, Ele te ama.

    As noites te castigam duplamente: primeiro, por conta da incerteza; segundo, por conta dos disfarces escondidos em tua face. Sim, eu sei... você não é falsa, mas teu medo é real! Todavia, acalma-te, alma, porque há esperança para quem espera no Amado. Você não vai ficar no sofá o tempo todo, por isso, caminhe. Sem pressa... não é para correr. Desfrute da brisa, das paisagens... do céu... e continue caminhando.

    Para contrariar a lógica circular sem ser quadrado, seja uma metade completa. Tenha cuidado com a inconstância emocional e muito mais cuidado ainda com quem você pensa ser uma soma se não te assume. Não haverá meio termo: ou te aproximará ou tentará te afastar dEle. Portanto, meu caro, escolha se apaixonar pelo Amado antes de querer se apaixonar por alguém (já disse isso outras vezes, não?). Transforme o desespero em um advérbio e use-o como o modo de amar a Jesus: desesperadamente. E sem desesperos, espere.

    Se antes dissestes querer alguém, por que agora repensarias o pedido desesperado de outrora? Não desperteis o amor até que ele o queira; as gotas de chuva chegam ao deserto no tempo oportuno. Ele fará e, quando Ele fizer, coleguinha, será épico, acredite! Por isso, te digo: Ame quem ama te amar; ame quem ama o Amado; ame quem te faz amá-Lo mais... e mais... (e mais...)

    Se o ano tem quatro estações, por que pensavas tu que a primavera duraria o ano inteiro? Só se solidifica a água que soube enfrentar com ímpeto a frieza do congelador. Momentos difíceis em um relacionamento são oportunidades de aprendizado, portanto, amem em todo tempo. Aprendam juntos e continuem subindo, afinal (não pense no final) parar é para os fracos.

    Não deixe a ansiedade te corromper, cara. Cuidado com a entrega repentina e com a sedução; elas podem ser fatais. Não quero que você passe pelo corredor escuro para encontrar o interruptor e reacender as luzes. Não precisa ter medo do escuro. O Amado esteve (e está) contigo antes de qualquer outro alguém. O amor dEle é muito mais importante do que qualquer outro.

    Meu amor nunca foi homeopático (vai ver que foi essa a causa do meu estado de coma). Minhas dores mais doídas foram as que mais me ensinaram (na companhia do Amado, claro). Não minto: senti muito... é sentimento. Te direi adeus, mas a Deus vou te entregar. Do meu amor que nunca foi cego, me dê o revólver que o tiro é certo. E apesar de ter te amado, vou sobreviver.

     beijo na chuva casal
    Mais textos de Consolação:

    Escrito por:Vítor Macedo

    Baiano, nascido em 1995 e fácil de ser caricaturado por ser barbudo e parecer um nerd. Não tem conta no FB e ainda não aprendeu a gostar do Whats. Além de gostar de psicologia e de coisas fora do comum, tem como hobbies escrever, fazer arte e mexer com códigos de programação. Depois de ser achado por Cristo, descobriu o sentido da palavra felicidade. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo