• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 7 de fev de 2016

    #152 Baixe a Bola

    Uma das missões do Eterno Inconformado em seus textos recorrentes é se revoltar completamente contra qualquer forma de enfatizar interesses pessoais frente à mensagem central do Evangelho. Navegando por aqui você encontrará textos que abordem a temática de que Deus não é nosso empregado. Você pode dar uma lida neste e neste outro também, mas no texto de hoje vamos falar sobre ocasiões em que, bobos que somos, tentamos colocar o Senhor soberano contra a parede, exigindo dEle milagres e favores que sequer merecemos, alegando que pagamos o preço, somos filhos e coisas afins. Observe dois versos bíblicos comumente usados para exigir de Deus que Ele cumpra Suas promessas (ao nosso modo):

    01. Se quiserdes, e obedecerdes, comereis o bem desta terra. (Isaías 1:19)
    Soa engraçado (e trágico) usar esse verso para dizer que temos o direito de comer o melhor da terra quando todo o contexto do capítulo 1 de Isaías refere-se a uma exortação a respeito dos pecados de Israel ao ponto de se relatar que até o jumento conhece seu dono, mas Israel (o povo de Deus) não tem conhecimento de quem Ele é. (cf Is 1:3) Triste ver apenas o que queremos e ignorar o restante.

    02. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. (Filipenses 4:13)
    Mencionar esse versículo sem citar as linhas anteriores é brecha para pensar que podemos tudo (cogito falar de coisas no sentido material). Leia Filipenses 4 a partir do verso 11 até chegar ao 13 para então notar que Paulo quer dizer que com a força que Cristo lhe dá, Ele pode enfrentar qualquer situação, por mais adversa que ela possa parecer. Vale também a leitura deste outro texto aqui do EI.

    O homem, por conhecer as obras de Deus e a Sua sabedoria, deve se colocar em seu devido lugar, baixar a bola e temê-Lo. Jesus não veio pregar riquezas; falar de uma vida próspera nunca foi o centro de Suas pregações. Não que com isso ter uma vida próspera seja pecaminoso, mas o problema gira em torno de ter a prosperidade como foco. Indubitavelmente, a vida cristã é muito mais que tesouros na terra ou comer do bom e do melhor. Veja a história dos apóstolos a fundo e o que o próprio Jesus passou antes de querer exigir bênçãos de Deus. Se você acha que tudo deve ser como você quer, estalando os dedos e exigindo de Deus Suas bênçãos (ao estilo de Jacó que lutou com um anjo – cf. Gn 32:22-32), na boa, você precisa entender o que significa GRAÇA.

    Deus é Soberano! \o/

    Parecemos crianças mimadas cobrando coisas, milagres e manifestações de Deus a qualquer preço. Além de versos bíblicos isolados, ainda há outras “estratégias” como dizer que somos filhos e merecemos o melhor, que jejuamos e pagamos o preço, então assim estamos aptos para a bênção (leia este outro texto) ou, quando não, usamos jargões como “não aceito isso”, “eu determino” ou frases similares. Repito: Deus não é nosso empregado! Ele é Senhor soberano e como diz o verso:

    “... quem, pois, é aquele que ousa erguer-se diante de mim? Quem primeiro me deu, para que eu haja de retribuir-lhe? Pois o que está debaixo de todos os céus é meu.”
    Jó 41:10-11

    Meditemos:

    “E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:

    Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano. O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.

    O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!

    Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.”
    Lucas 18:9-14

    Que o Eterno te abençoe e te guarde! =]
    Mais textos de Exortação:

    Baiano, nascido em 1995 e fácil de ser caricaturado por ser barbudo e parecer um nerd. Não tem conta no FB e ainda não aprendeu a gostar do Whats. Além de gostar de psicologia e de coisas fora do comum, tem como hobbies escrever, fazer arte e mexer com códigos de programação. Depois de ser achado por Cristo, descobriu o sentido da palavra felicidade. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo