• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 6 de out de 2018

    #226. Depois de receber a bênção

    Coração grato e fidelidade ao Senhor são essenciais após sermos abençoados. Tenha sempre em mente os benefícios do Senhor. Continuando o texto anterior, vamos ver algumas lições aprendidas entre os capítulos 6 a 10 do livro de Deuteronômio:


    “Guarda-te, que não te esqueças do SENHOR, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão.” – Deuteronômio 6:12

    O capítulo 7 nos ensina a não nos envolvermos com as coisas do mundo, principalmente após sermos abençoados. É claro que esse envolvimento com coisas que desagradam ao Senhor deve ser evitado em todo o tempo, entretanto, esse contexto que se segue após o cumprimento de uma promessa envolve gratidão, fidelidade e honra, pois, certamente, você não busca a Deus apenas para que Ele te abençoe, busca?!


    “O SENHOR não tomou prazer em vós, nem vos escolheu, porque a vossa multidão era mais do que a de todos os outros povos, pois vós éreis menos em número do que todos os povos; Mas, porque o SENHOR vos amava, e para guardar o juramento que fizera a vossos pais, o SENHOR vos tirou com mão forte e vos resgatou da casa da servidão, da mão de Faraó, rei do Egito. Saberás, pois, que o SENHOR teu Deus, ele é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança e a misericórdia até mil gerações aos que o amam e guardam os seus mandamentos.” – Deuteronômio 7:7-9

    Mãos gigantes na Ponte Dourada no Vietnã com arco-íris ao fundo

    Deuteronômio 8 dispensa comentários. Pense num capítulo épico! Medite com muita atenção nos versos a seguir:

    1. Aflições ensinam (leia este texto)


    “E te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conheceste, nem teus pais o conheceram; para te dar a entender que o homem não viverá só de pão, mas de tudo o que sai da boca do SENHOR viverá o homem. Nunca se envelheceu a tua roupa sobre ti, nem se inchou o teu pé nestes quarenta anos. Sabes, pois, no teu coração que, como um homem castiga a seu filho, assim te castiga o SENHOR teu Deus.” – Deuteronômio 8:3-5

    2. Nunca se esqueça do Senhor (leia este outro texto)


    “Quando, pois, tiveres comido, e fores farto, louvarás ao SENHOR teu Deus pela boa terra que te deu. Guarda-te que não te esqueças do SENHOR teu Deus, deixando de guardar os seus mandamentos, e os seus juízos, e os seus estatutos que hoje te ordeno; Para não suceder que, havendo tu comido e fores farto, e havendo edificado boas casas, e habitando-as, e se tiverem aumentado os teus gados e os teus rebanhos, e se acrescentar a prata e o ouro, e se multiplicar tudo quanto tens, se eleve o teu coração e te esqueças do SENHOR teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão; Que te guiou por aquele grande e terrível deserto de serpentes ardentes, e de escorpiões, e de terra seca, em que não havia água; e tirou água para ti da rocha pederneira; Que no deserto te sustentou com maná, que teus pais não conheceram; para te humilhar, e para te provar, para no fim te fazer bem; E digas no teu coração: A minha força, e a fortaleza da minha mão, me adquiriu este poder. Antes te lembrarás do SENHOR teu Deus, que ele é o que te dá força para adquirires riqueza; para confirmar a sua aliança, que jurou a teus pais, como se vê neste dia.” – Deuteronômio 8:10-18

    Deuteronômio 9 corrobora tudo o que vimos até então, com um desfecho-chave para o nosso texto: Nada é mérito nosso; nunca foi.


    “Quando, pois, o SENHOR teu Deus os lançar fora de diante de ti, não fales no teu coração, dizendo: Por causa da minha justiça é que o SENHOR me trouxe a esta terra para a possuir; porque pela impiedade destas nações é que o SENHOR as lança fora de diante de ti. Não é por causa da tua justiça, nem pela retidão do teu coração que entras a possuir a sua terra, mas pela impiedade destas nações o SENHOR teu Deus as lança fora, de diante de ti, e para confirmar a palavra que o SENHOR jurou a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó.” – Deuteronômio 9:4-5

    No capítulo 10, além de mais convite à obediência, Deus nos ensina a tratar os outros da mesma forma que Ele nos trata. Se alguém está passando pelo que já passamos, por que não ajudar?!


    “Por isso amareis o estrangeiro, pois fostes estrangeiros na terra do Egito.” - Deuteronômio 10:19

    Conclusão: Deus é bom! =]


    “Ao SENHOR teu Deus temerás; a ele servirás, e a ele te chegarás, e pelo seu nome jurarás. Ele é o teu louvor e o teu Deus, que te fez estas grandes e terríveis coisas que os teus olhos têm visto. Com setenta almas teus pais desceram ao Egito; e agora o SENHOR teu Deus te pôs como as estrelas dos céus em multidão.” – Deuteronômio 10:21-22
    Mais textos de Exortação:

    Escrito por:Vítor M. Fagundes

    Lajedinhense nato (BA), nascido em setembro de 1995, curte escrever (de textos a códigos) e fazer arte. Para Vítor, o normal é não ser normal. Acredita soberanamente na graça e que viver é pertencer a Jesus. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Comentários

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo